Uncategorized

Deputada Dra. Mayara denuncia uso da máquina estadual nas eleições do município de Coari

A deputada estadual, Dra. Mayara Pinheiro Reis (Progressistas), usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta quinta-feira(18), para denunciar o uso da máquina pública do Governo do Estado nas eleições suplementares de Coari.

Em seu discurso, Mayara informou que os vereadores do município estiveram na Aleam para apresentar provas do abuso de poder econômico que tem sido praticado no pleito. Três chapas concorrem ao Executivo Municipal, uma delas explicitamente apoiada pelo Governo do Estado.

“O Governo do Estado indicou o vice-prefeito desta chapa, o ex-comandante da Polícia Militar, Cel. Ayrton Norte, que enquanto comandante da PM pouco fez por Coari. Trocaram o delegado geral, o delegado do município, trocaram o comando municipal da Polícia Militar, trocaram o juiz eleitoral, trocaram o chefe de cartório. Mais de 300 policiais foram enviados para Coari, que estão frequentemente constrangendo a população, vistoriando cidadãos de bem em toda e qualquer esquina, tratando as pessoas como bandidas”, afirmou.

Denúncias veiculadas na imprensa têm apresentado evidências do uso de recursos públicos do Estado para apoiar a campanha de uma das chapas. Dentre elas, o uso de uma balsa alugada pelo governo no valor de R$ 200 mil que deveria transportar apenas carros oficiais e foi flagrada levando o trio elétrico usado na campanha do então candidato Robson Tiradentes Júnior.

“Então, essa é uma das provas de materialidade de crimes eleitorais que precisam ser combatidos. Faço um apelo que esta Casa forme um grupo de deputados que fiscalizem in loco o andamento da eleição para que a mesma ocorra de forma tranquila e isenta”, pontuou a deputada ao apresentar fotos da balsa no plenário.

O deputado Serafim Corrêa (PSB) destacou a importância da mais absoluta isenção na máquina pública em todas as eleições, sejam municipais, estaduais, federais e até de órgãos públicos. “Os pleitos devem ser disputados pelos políticos, não às custas dos órgãos”.

Já o deputado Delegado Péricles (PSL), pediu a atuação do Ministério Público para apurar os crimes denunciados. “Causa estranheza o comandante da Polícia Militar (Cel. Ayrton Norte) sair do cargo para concorrer à vaga de vice-prefeito e logo em seguida, o comandante e delegado serem afastados também”, destacou.

“Venho aqui mais uma vez pedir isenção da máquina estadual como manda a democracia brasileira e buscar realmente por um pleito limpo, isento e justo e que respeite o povo coariense”, finalizou Mayara.

%d blogueiros gostam disto: