Uncategorized

São Gabriel da Cachoeira pode virar a Capital Estadual dos Povos Indígenas

Tramita na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) um Projeto de Lei (PL)  que pretende transformar o município de São Gabriel da Cachoeira (distante a 852 km de Manaus) na Capital Estadual dos Povos indígenas. De acordo com o autor do projeto, deputado Tony Medeiros (PSD), nove em cada dez habitantes da cidade são índios.

O parlamentar justificou que São Gabriel da Cachoeira possui uma população de 47 mil habitantes, sendo a maioria indígenas. Além do português se fala oficialmente três línguas  que são o Nheengatu, o Tukano e o Baniwa. O município também possui a maior concentração de diferentes etnias indígenas do país, sendo 23 ao todo.

“O Brasil vive um outro momento. Precisamos olhar para a realidade dos povos indígenas com um outro olhar. Acredito que é preciso rediscutir a educação desses nossos irmãos, pois só a educação é capaz de igualar as oportunidades e melhorar a vida desses povos”, disse o deputado.

Tony lembrou ainda que atualmente não se vê nenhum indígena ocupando cargo relevante no país. Para ele essa situação se deve ao fato de que ao longo desses anos, a educação oferecida aos índios está equivocada. “Sou contra, por exemplo, que professor para os índios, só pode ser indígena. Isso está errado. É por meio da educação que os povos indígenas terão as mesmas oportunidades, fazendo com que eles tenham uma vida melhor”, defendeu Tony Medeiros.

A proposta começou a tramitar na última semana e está na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Aleam, que é onde os parlamentares avaliam o aspecto constitucional, jurídico e técnico legislativo do projeto, ou se proposta fere alguma legislação vigente.

%d blogueiros gostam disto: