Uncategorized

Talibã reafirma que não negociará ‘prazo final’ para saída de tropas americanas

Em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (24), o Talibã afirmou que as tropas americanas deverão sair do Afeganistão até o dia 31 de agosto. O prazo não será negociado, afirmaram representantes do grupo islâmico.

O Talibã tomou o poder do país asiático no dia 15 de agosto, quando o então presidente Ashraf Ghani fugiu da capital Cabul, horas antes do palácio presidencial ser invadido por integrantes do grupo.

O diretor da Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos, William Burns, se encontrou pessoalmente com o principal líder do Talibã em Cabul na segunda-feira (23). Na reunião, a estratégia para a retirada de militares americanos foi discutida.

Segundo o Talibã, será permitida a saída de todos os militares americanos de forma pacífica até o dia 31 de agosto.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que cerca de 28 mil pessoas já foram retiradas do Afeganistão nessa última semana. “Qualquer americano que quiser, virá para casa. Assim como os aliados da Otan”, acrescentou Biden, referindo-se aos aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), durante coletiva na segunda-feira (23).

No entanto, Biden destacou que a evacuação de milhares de pessoas de Cabul vai ser “difícil e dolorosa”. “Não há como evacuar tantas pessoas sem dor, como as imagens que vimos na tevê. Sinto muito pelo que estamos vendo.”

Conteúdo: CNN Brasil

Foto: AP

%d blogueiros gostam disto: