Uncategorized

Tiradentes tenta impedir diplomação de Keitton mas justiça nega

Coari (AM) – Mais uma derrota entra para a conta política de Robson Tiradentes (PSC) e Coronel Norte (Pode) na trágica tentativa de tomar a prefeitura de Coari. Desta vez a justiça eleitoral negou o pedido da dupla para impedir a diplomação do prefeito eleito Keitton Pinheiro (Progressistas).

O pedido foi feito através de uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) em que os candidatos derrotados usam o argumento de abuso de poder por parte de Keitton e seu vice Edilson Lima. Para Tiradentes Keitton teria utilizado a “máquina” municipal para se eleger. O argumento virou piada no meio político, já que Robson foi quem contou com o apoio escancarado do governo do Amazonas, contando com distribuição de rancho, dentre outros benefícios amplamente denunciados pelo Ministério Público.

“Para a tutela de urgência ora requerida, não observo a existência do requisito ‘risco útil para o resultado do processo’… INDEFIRO o pedido de tutela de urgência”, decidiu Mônica do Carmo, juíza do pleito, sobre o pedido de suspender a diplomação até o julgamento da AIJE.

O grupo de Tiradentes apostava sua fichas nesse recurso para com a instabilidade que geraria reduzir um pouco o constrangimento da derrota. Keitton Pinheiro deverá ser diplomado nesta quinta-feira (16), às 10h, no Auditório Municipal Silvério Nery.

%d blogueiros gostam disto: